quinta-feira, 18 de março de 2021

"Conto de Areia" resgata história essencial da música brasileira

"Conto de Areia - Websérie sobre a arte de Toninho Nascimento"  destaca obra poética do autor paraense radicado no Rio de Janeiro e o coloca entre os principais compositores da MPB. A série foi idealizada pelos músicos Camilo Árabe e Fernando Mattoso. A estreia acontece dia 21, domingo, às 21h, no canal do YouTube do Coletivo Sindicato do Samba (Inscreva-se aqui) e se divide em 8 capítulos, que serão exibidos nos dias seguintes, sempre no mesmo horário.  

Contemplado pelo edital Retomada Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do governo do Estado do Rio de Janeiro, a websérie joga luz na obra de um dos autores mais cantados do cancioneiro popular (Antônio Carlos Nascimento Pinto), responsável por sucessos que fazem parte do imaginário popular desde a década de 1970.

ABI homenageia Ivan Proença pelos 90 anos

A Comissão de Assistência Social da ABI faz homenagem pelos 90 anos do professor Ivan Proença, membro do Conselho Deliberativo da entidade, com live do Projeto Pratas da casa, que irá ao ar nesta sexta, dia 19, às 10h 30 min, no Canal da ABI no youtube, com a participação de Paulo Marinho (mediação), João Baptista de Abreu e Lucas Schuenk. Integram a Comissão de Assistência Social da ABI , presidida por Rosayne Macedo, os jornalistas Agata Messina, Ana Helena Tavares, Analea Rego, Cleyber Fintelman, Cristina Nunes, Glória Alvarez, Ilza Araújo, José Luiz Laranjo, Malu Fernandes, Maria Inês Estrada, Paulo Marinho, Terezinha Santos, Vilson Romero e Yacy Nunes.

Primeiro longa de Lázaro Ramos ganha reconhecimento da crítica internacional nos Estados Unidos e estreia hoje na Noruega

O primeiro longa de Lázaro Ramos, “Medida Provisória” – que no exterior ganhou o nome de Executive Order – tem sido aplaudido em festivais de cinema internacionais e conquistado a crítica especializada, a exemplo do SXSW (South by Southwest), em Austin, no Texas, e do Pan African Film, em Los Angeles, ambos realizados em março. “Estou muito honrado com todas as críticas que nós temos recebido. Eu sempre quis que fosse uma história universal que tivesse impacto e estou muito feliz com a compreensão das pessoas”, conta Lázaro que se prepara hoje para a estreia em mais um festival, desta vez na Europa, no Cine Latino Bergen, na Noruega. Em abril o filme integrará o Chicago Latino Film Festival, também nos Estados Unidos – no Brasil a estreia é prevista para o segundo semestre de 2021.

No Pan African Film, o longa foi apresentado pelo festival em suas redes sociais como o “melhor filme brasileiro desde “Cidade de Deus”. Nos maiores jornais do Texas, ganhou críticas calorosas: o Austin American Statesman disse que “seu enredo torna uma distopia muito plausível” enquanto o Austin Chronicle afirmou que o filme é “profundamente intrigante, realista e atraente e que há histórias suficientes para uma minissérie”.

O longa que tem como protagonistas Taís AraújoAlfred Enoch e Seu Jorge é baseado no sucesso teatral brasileiro “Namíbia, Não”, de Aldri Anunciação, escrito originalmente em 2011. A trama se passa num Brasil distópico em que uma medida de reparação social afeta diretamente a vida de uma família, são eles o jovem casal Capitú (Taís Araújo) e Antonio (Alfred Enoch) e o primo, o expansivo André (Seu Jorge) que, de favor, mora na casa da dupla. Certo dia o advogado Antonio vai para a justiça propor uma medida de reparação financeira pelos tempos de escravidão no Brasil. A proposta é respondida com a medida provisória que ordena que todos os negros brasileiros (chamados no longa de “melaninas acentuadas”) voltem para a África.

Fotos: Mariana Vianna





A pauta da Mulher no Município do Rio

Vice-presidente da OAB-RJ, Ana Tereza Basílio vai receber para live na próxima terça, dia 23, às 19h, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher na Cidade do Rio de Janeiro, Joyce Trindade (atual Secretária Especial de Políticas de Promoção da Mulher do munícipio). O tema do encontro virtual é Interseccionalidade da pauta da mulher dentro do munícipio do Rio de Janeiro. A transmissão será pelo Instagram @Ana Tereza Basilio.

Rede D'Or patrocina site em homenagem ao bairro da Glória

A história da Rede D’Or São Luiz com o bairro da Glória vai ganhar mais um bonito capítulo a partir do dia 21 . Será lançado o site Ó Glória! (www.ogloria.art.br). Produzido pela Inspirações Ilimitadas e patrocinado pela Rede D’Or, o site celebra a memória de um dos mais tradicionais e antigos bairros do Rio de Janeiro. A página reúne fotos inéditas, textos, depoimentos em vídeo, mapas, que contam a história de um dos primeiros espaços a serem ocupados na cidade. Para o gerente de marketing do Grupo, Rafael Werneck, é uma honra contribuir com o bairro em que o grupo inaugurou, em agosto do ano passado, o Glória D’Or, que possui a maior emergência da Rede no Rio.

“Colaborar com a preservação e restauração do patrimônio cultural é um dos compromissos da política de patrocínio da Rede D’Or São Luiz. O site Ó Glória é complementar à iniciativa de restauração e modernização do edifício da Beneficência Portuguesa, localizado nas ruas Santo Amaro e Benjamin Constant, que há mais de dois séculos, marca a paisagem monumental da cidade”, afirma Werneck.

O apoio a projetos que valorizem a Cidade Maravilhosa ratifica também a origem da própria Rede D’Or. Fundada há mais de 40 anos, a trajetória da empresa se confunde com a história da medicina no Rio. Atualmente, são 16 hospitais à disposição do carioca e que mostram que o vínculo não é apenas com um bairro ou uma região, mas com todo o município. “Mesmo com a expansão para outros estados, a empresa nunca esqueceu a sua origem e sempre manteve o Rio como prioridade”, destaca o gerente de marketing.

Clubhouse é a nova sala de estar da Concha Y Toro

A Concha Y Toro segue inovando em marketing e comunicação e começa a movimentar seus rótulos no Clubhouse, com iniciativas que vão desde a apresentação de lançamentos e novidades, estilos de vinhos e conversas com enólogos, aos mais diversos temas em torno do vinho. Hoje, às 19h, será a vez do icônico rótulo Don Melchor receber convidados em uma das salas da rede social com a presença de seu famoso enólogo, Enrique Tirado para conversas em torno do vinho. Tirado, anfitrião, receberá o embaixador de Don Melchor, Ricardo Natale, o especialista em vinhos Carlos Cabral, o jornalista Ricardo Castilho, publisher da Prazeres da Mesa, e a empresária Maria Lúcia Serapião.

Musical infantil “Folcloreando” estreia no Youtube

O musical infantil "Folcloreando" estreia no próximo sábado (20) e domingo (21) em temporada no Youtube. Serão apenas dois fins de semana online, com ingressos gratuitos pelo Sympla e tradução simultânea de libras. Inspirado nas obras de Monteiro Lobato, a peça conta a história de Marta, a filha de um explorador curioso, que leva a menina para buscar os tesouros da floresta. O que eles não contavam, era que esta riqueza estava muito bem protegida por todos os seres do Folclore Brasileiro. Com músicas originais, este passeio pela floresta Brasileira se torna muito mais interessante quando a Cuca resolve enfeitiçar o pai da menina. Através de projeções, manipulação de bonecos e um figurino extremamente inovador, o público é convidado a entrar na história, para entender melhor esses seres místicos.

Peça infantojuvenil “À Mesa com Romeu e Julieta” faz temporada online e gratuita

Voltada para toda a família, a peça infantojuvenil online e gratuita “À Mesa com Romeu e Julieta” faz temporada  de 20 a 28, sábados e domingos, com duas sessões, às 11h e às 16h, no canal do grupo no YouTube (bit.ly/amesacomromeuejulieta). Com adaptação e direção de Symone Strobel, a montagem faz uma releitura do clássico “Romeu e Julieta” usando a linguagem do teatro de objetos e incorporando recursos do audiovisual.

PDT e quatro partidos de oposição pedem suspeição de Moro

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, Carlos Siqueira, do PSB, Gleisi Hoffmann, do PT, Juliano Medeiros, do PSOL, e Luciana Santos, do PC do B, assinaram a carta aberta que políticos, artistas , advogados e outras personalidades enviaram ao Supremo Tribunal Federal com pedido para que o julgamento da suspeição do ex-juiz Sergio Moro seja mantido pela corte, mesmo após a anulação das condenações do ex-presidente  Lula na Lava Jato. Além dos presidentes nacionais dos partidos de oposição, também assinam o documento o deputado Rodrigo Maia, Ciro Gomes, o governador Flávio Dino, do Maranhão. E, ainda, juristas como Celso Bandeira de Mello, Chico Buarque, Zeca PagodinhoGilberto Gil, Felipe Neto, entre outros. O jornal Le  Monde Diplomatique publicou ontem artigo de Carlos Lupi - O desenvolvimento por meio de uma causa- , sobre a importância da "unidade no campo progressista ".

"A unidade do campo progressista precisa estar voltada ao combate do que virou o Brasil de Bolsonaro. A incompetência, a falta de empatia, os ataques severos aos direitos adquiridos, à democracia, às minorias, o retrocesso dos avanços sociais. Hoje temos mais de 250 mil brasileiros mortos em razão do ataque sistemático à ciência emanado por um presidente que mente, boicota medidas sanitárias e até mesmo a vacina, em meio a maior pandemia que a humanidade já viveu"- afirma Carlos Lupi, no texto.

Websérie “Desconstruída” aborda de forma humorística comportamentos nas redes sociais

A websérie “Desconstruída”, idealizada pela escritora Clara Ferrer e pelo roteirista Fidelys Fraga, que divide a direção com Paula Weiss, mostra de forma bem humorada, através de seis personagens, o tanto de polarização (e dissimulação) por trás dos comportamentos nas redes sociais. Serão nove episódios, de cinco minutos cada, exibidos a partir do dia 26 no Instagram da série e também no YouTube. A classificação indicativa é de 12 anos.

Inspirada nos desktop movies, também conhecidos como computer screen, sua narrativa fragmenta-se em três telas que, de forma simultânea, permitem acompanhar as vidas pública, privada e familiar da protagonista Olivia. O projeto é realizado com incentivo do edital “Retomada Cultural, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc. O elenco é formado por Carolina Stofella (Olívia), Luellem de Castro (Jade), Rodrigo dos Santos (Evandro), Camila Brandão (Alice Freitas), Pablo Diego da Silva (Lucas Pavão) e Rayza Noia (Dora).



Giselda Fernandes estreia “Objetos em Redes” pela plataforma Sympla

Objetos em Redes”, da coreógrafa Giselda Fernandes estreia hoje às 15, com transmissão ao vivo e gratuita, direto do Centro Coreográfico do Rio, pela plataforma Sympla. Giselda é bailarina que há 20 anos investiga e busca sensibilizar o olhar humano para as questões ambientais.  O espetáculo, contemplado com a Lei Aldir Blanc, conta com oito bailarinos performers moradores de diferentes pontos da cidade, que utilizam resíduos plásticos da sua região como matéria prima para as apresentações, resíduos plásticos que também vão compor a instalação cênica, assinada por Hilton Berredo, que também assina a direção artística.

Patrícia Pedrosa lança o livro “Maria Bonomi com a Gravura: do meio como fim ao meio como princípio”

Uma das mais importantes gravuristas da atualidade, Maria Bonomi, de 85 anos, terá sua trajetória destrinchada no livro “Maria Bonomi com a Gravura: do meio como fim ao meio como princípio” (Editora Rio Books), de Patrícia Pedrosa. A publicação inédita será lançada no dia 23, às 18h, através de uma live no canal de Youtube da Editora Rio Books, com a participação da artista Maria Bonomi, da autora Patrícia Pedrosa, da editora Denise Corrêa e da professora, crítica e historiadora da arte Maria Luísa Távora. Com 140 páginas, o livro parte de obras emblemáticas da artista para discutir a gravura de forma expandida, mostrando o pioneirismo de Bonomi em diversos aspectos.

“O livro fala da forma diferenciada como esta artista lida com a gravura, inserida em seu tempo e, também, como um dos agentes propulsionadores da vanguarda brasileira rumo ao contemporâneo, uma atitude nova em relação a como a gravura tem sido pensada e praticada até agora no Brasil”, afirma a autora Patrícia Pedrosa, cujo livro resulta de sua dissertação de mestrado em Artes Visuais, na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Espetáculo “Esse homem é meu!” faz temporada remota e presencial no Teatro Municipal de Niterói

Contemplado com o edital “Retomada Cultural e promovido pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc, o espetáculo “Esse homem é meu!” volta a Niterói, onde poderá ser assistido de forma remota e presencial no Teatro Municipal em três únicas apresentações, de 26 a 28. As sessões presenciais seguirão as recomendações sanitárias vigentes e o distanciamento social.

No enredo, Deolinda, Glorinda e Lucinda são três irmãs solteironas que não perderam as esperanças de encontrar seus respectivos pretendentes. Deolinda é durona; Glorinda, a carola do clã, e Lucinda, uma manicure que sonha cantar na Rádio Nacional. Sim, estamos em fins dos anos 50, e as três dividem uma casa na bucólica (e fictícia) Vila Serena. A tranquilidade do lar é abalada pela chegada da prima Celeste, que leva consigo o convite para seu casamento. Elas não contavam que Celeste fosse acompanhada de seu noivo, Custódio, um advogado de futuro promissor na capital. E esse reencontro familiar suscita uma série de imprevistos e quiproquós que viram a vida de todos pelo avesso. Esse é o mote de Esse homem é meu!, montagem da Temprana Cia, que, desde a sua estreia em 2018, cumpriu temporadas no Rio e em Niterói, sempre com lotação esgotada. A principal inspiração é a comédia de costumes brasileira, que tem em Arthur Azevedo (1855-1908) e Martins Pena (1815-1848) seus principais representantes.

O texto, de Jean Cândido Brasileiro e Helena Hamam, bebe também em fontes como o vaudeville, o kitsch (especialmente o dos filmes de Almodóvar) e o terrir de Álex de La Iglesias. Tais influências são evidenciadas na direção e nos figurinos de João Corrêa.

Jantar Romântico da Casa Julieta de Serpa tem novo horário

A partir de hoje, o Jantar Romântico da Casa Julieta de Serpa tem novo horário, por causa do decreto municipal, que limita o funcionamento de bares, restaurantes até às 21h. Com  Cyrano Sales, maestro da Orquestra Cesgranrio, ao piano, e do violonista Yuri Reis, as apresentações serão  todas as quintas, das 18h45 às 19h30, e das 19h45 às 20h30. O preço por pessoa do cardápio especial (entrada, prato principal e sobremesa) do Jantar Romântico é R$ 127. Reservas antecipadas pelo telefone ( 21) 2551-1278.