quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Magistrados do Brasil e da Alemanha participarão de seminário sobre temas atuais do Direito Civil

Em homenagem ao jurista alemão Claus-wilhelm Canaris, considerado um dos maiores especialistas em Direito Civil, a Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) vai realizar o webinar internacional “Seminário: Atualidades no Direito Civil”. A reunião será na próxima segunda-feira, dia 27, às 10h.  O encontro é promovido pelo Fórum Permanente Sylvio Capanema de Souza, pelo Fórum Permanente de Estudos e de Políticas Públicas Professor Miguel Lanzellotti Baldez – ambos da EMERJ – e pelo Fórum Jurídico Brasil-Alemanha. O evento é gratuito e ocorrerá de modo online, por meio das plataformas Zoom e YouTube.  

Casa Museu Eva Klabin inaugura sala de música FHC, em homenagem a Fernando Henrique Cardoso

Para comemorar os 90 anos do Ex-Presidente da República Fernando Henrique Cardoso, completados esse ano, a Casa Museu Eva Klabin inaugurará em homenagem ao seu Conselheiro, a sala de música FHC. A cerimônia de abertura será nesta quinta, 23, às 12h, com um almoço, que terá a presença do Ex-prefeito Israel Klabin, do Ex-chanceler Celso Lafer,  das Conselheiras  Katia Mindlin Leite Barbosa  e Genny Nissenbaum e do Curador da instituição Marcio Doctors, entre outros. Junto com esse evento, será apresentado ao seu Conselho  o projeto de adoção para a melhoria da Praça Benedito Cerqueira, localizada entre a escola municipal Edna Poncioni e a Casa Museu Eva Klabin,  na Lagoa Rodrigo de Freitas.

Conheça o Observatório de Pesquisas Bryant Garth da EMERJ

O Observatório de Pesquisas Bryant Garth da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) é um centro de pesquisas, análise e estudo para compreensão de realidades, fatos, fenômenos e relações sociais, com o objetivo de desenvolver a investigação científica no âmbito de cada área de atuação, a fim de apresentar produtos técnico-científicos que sejam instrumentos de fortalecimento da efetividade na prestação jurisdicional. “Além de criar mais três núcleos de pesquisa, agora temos um espaço próprio, com regulamentação de funcionamento e propostas concretas de pesquisas. Realizamos a contratação de pesquisadores acadêmicos especializados e a seleção assertiva de estagiários oriundos do quadro de alunos e alunas da EMERJ. São iniciativas importantes para que a EMERJ cumpra seu compromisso de desenvolver e de disseminar conhecimento”, destaca a desembargadora Cristina Tereza Gaulia.

Áurea Martins e João Senise se apresentam no Teatro Rival Refit

“Quase” 50 é a diferença de idade entre a diva Áurea Martins e o jovem cantor João Senise. É também o nome do álbum que eles lançaram na última sexta-feira (17),  no Teatro Rival Refit. Duas gerações, duas vozes que se encontram e se completam em total harmonia, sob a direção musical e os arranjos do maestro Gilson Peranzzetta no álbum e no show.

Composto por 13 músicas, escolhidas entre clássicos da música brasileira e do jazz, o repertório tem obras de Tom Jobim, João Donato, Ary Barroso, Johnny Alf, Dorival Caymmi, João Bosco e outros importantes compositores do nosso cancioneiro. A proposta de “Quase 50” é mostrar que, apesar da grande diferença de idade, há uma bela afinidade entre os cantores, que fazem um importante trabalho de resgate e memória da Música Popular Brasileira.

Norte D'Or vai realizar transplante de rim

O Norte D'Or é o mais novo hospital no Rio de Janeiro habilitado para realização transplante de rim. O primeiro procedimento deve ocorrer no final de setembro, mês em que ocorre justamente a campanha nacional de doação de órgãos. Outros dois pacientes já estão cadastrados no programa de transplante. Atualmente mais de 26 mil pacientes estão a espera de um rim no país, o que representa cerca de 57% do total de quem aguarda na fila por um transplante.

Sextas na EMERJ fala sobre “suicídio” com o psicanalista Ricardo Krause

Na próxima sexta-feira, dia 24, às 17h, via Instagram oficial da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ), @emerjoficial, o programa Sextas na EMERJ - Biblioteca receberá o médico e psicanalista Ricardo Krause. A entrevista será conduzida pela desembargadora Ana Maria Pereira de Oliveira, presidente da Comissão de Biblioteca e Cultura da EMERJ. Para o encontro, a palavra-tema será “suicídio”. 

Saturnino Braga critica machismo de ministro da CGU

Aos 90 anos e com 25 anos de Senado Federal (e mais de 60 anos na política), o ex-senador Saturnino Braga diz que ministros e políticos ligados a Jair Bolsonaro deveriam fazer cursos de boas maneiras para aprender a tratar bem as mulheres. "Tratar bem as mulheres é fundamental. A gente aprende isso em casa,  com a própria mãe. Mas,  quem não teve família para educar,  deveria procurar aprender. No caso de quem segue carreiras públicas, em geral,  sugiro que sejam criados cursos de boas maneiras no Executivo, Legislativo e Judiciário. Esse ministro da CGU (Wagner Rosário), ligado a Bolsonaro,  merecia mesmo todas as críticas do mundo por ter sido preconceituoso e agressivo com a querida senadora Simone Tebet. Quando um homem chama uma mulher de descontrolada, ele está sendo agressivo e preconceituoso . Não adianta mais pedir desculpas. Quem se queimou foi ele. Se eu estivesse lá iria defender a senadora, que admiro muito por sua competência e experiência”,  disse Saturnino Braga. O ex-senador também criticou o discurso do presidente Bolsonaro na ONU: "Bolsonaro deu um vexame. Uma vergonha para o Brasil.  A comunidade internacional está horrorizada com ele".

Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro homenageia o compositor José Maurício Nunes Garcia

O Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, comandado pelo maestro titular, Jésus Figueiredo, faz uma justa homenagem hoje, a José Maurício Nunes Garcia, no dia do aniversário do compositor, quando se comemora o Dia da Música Colonial Brasileira, no Estado do Rio de Janeiro. A transmissão acontece no Canal do YouTube  e Facebook do TMRJ hoje e encerra no dia 29.

Alterações no Direito Empresarial

Ana Tereza Basílio,  vice-presidente da OAB-RJ, vai receber para live,  hoje, às 19h, o desembargador do TRE, Vitor Marcelo. O tema do encontro virtual é Alterações no Direito Empresarial (Lei 14.195/2022). A transmissão será pelo Instagram de Ana Tereza Basílio

Loterias como opção ao Uber

Em meio à crise econômica do País, agravada pela pandemia, muitos trabalhadores recorreram aos aplicativos de transporte para conseguir colocar comida na mesa. Com a alta no preço dos combustíveis, essa opção tornou-se inviável. Ao invés de gerar renda, os motoristas e motociclistas começaram a perder dinheiro.

Uma das alternativas aos aplicativos de transportes foi a venda de bilhetes de loterias. A MCE, empresa responsável pela exploração do Rio de Prêmios, da Loterj, calcula que, somente no Rio de Janeiro, mais de 13 mil pessoas estão comercializando os bilhetes lotéricos para incrementar a renda.

Cerca de 10% da renda total da venda de bilhetes físicos das loterias fica com os vendedores. O faturamento varia de acordo com a quantidade comercializada. Parece pouco, mas somente o Rio de Prêmios, em média, vende por semana cerca de 450 mil cupons. Por mês, esse número chega a quase dois milhões.

Responsabilidade social 

Somente nos últimos 14 anos, mais de 300 instituições e prefeituras responsáveis pela execução de programas sociais no estado do Rio de Janeiro foram beneficiadas pelo repasse de recursos provenientes dos jogos lotéricos. Ao todo, essas instituições receberam ao longo desse período mais de R$ 90 milhões.

Os projetos favorecidos atuam em ações de recuperação de dependentes químicos, ressocialização de crianças em riscos sociais, estímulo ao esporte, inclusão social de deficientes físicos, apoio às mulheres vítimas de violência.

Desde o início da pandemia, 70% das ONGs sofreram redução na arrecadação por meio de doações e realização de eventos. 90% delas já interromperam parte das suas atividades.