quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Projetos culturais de financiamento coletivo da Benfeitoria recebem ajuda do Bossa Nossa

Diversidade é a palavra que define os seis projetos selecionados pela equipe do Bossa Nossa, programa de financiamento coletivo da Benfeitoria criado durante a pandemia da Covid-19, para dar um gás em projetos de artistas e produtores culturais cariocas que ficaram sem alternativa em meio a quarentena. As campanhas de captação entram no ar dia 10 de novembro, e precisam do engajamento do público para alcançarem as metas. Ao todo foram inscritos 90 projetos concorrendo a seis vagas, que terão o valor arrecadado triplicado pelo Bossa Nossa. foram selecionados projetos plurais envolvendo artes cênicas, música, audiovisual, artes visuais como o Negro Muro, construção contínua de uma grande galeria de arte a céu aberto, com retratos de figuras negras como Marielle Franco, Cartola e Mãe Beata de Iemanjá em murais da cidade aliando arte, tecnologia e informação -, e 2 Pais, uma peça de teatro que aborda o universo LGBTQIA+ e a surdez, que será apresentada em português e em libras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário