quarta-feira, 28 de outubro de 2020

"Alípio", filme brasileiro do diretor Caco Souza, concorre a prêmio internacional em Los Angeles

A luta de Alípio de Freitas, ex-padre português, por justiça social no Brasil durante os anos de chumbo virou filme e conquistou os jurados da 13ª edição do LABRFF - Los Angeles Brazilian Film Festival. O longa metragem com produção do Núcleo TG, dirigido por Caco Souza – mesmo diretor de "Solteira quase surtando" e "400 contra 1" – conta a história do ex-padre que foi perseguido, preso e torturado durante 10 anos pela ditadura militar. O LABRFF - Los Angeles Brazilian Film Festival aconteceu entre os dias 21 e 25 de outubro, em formato totalmente online, com 192 horas de programação incluindo filmes, documentários, música e vídeos. O documentário Alípio tem roteiro de Ana Carolina Maciel, montagem de Luciano Trindade e trilha sonora de Lia Sophia. Saiba mais: https://labrff.com/?v=19d3326f3137  . 

Nenhum comentário:

Postar um comentário