quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Guerra do Paraguai

O empresário Claudio Castro, diretor da Sergio Castro Imóveis e presidente do Diário do Rio, comprou da historiadora paulista Ana Cristina Lazzatti um raro canhão de advertência original (marcado PII),  usado pelo Brasil contra Solano López, na Guerra do Paraguai.  O objeto fará parte do acervo histórico da sede do Diário do Rio, na Praça XV, no Centro da Cidade.

  "O canhão vai ajudar a decorar a nova sede do jornal online, no Arco do Teles, prédio do século XVIII . O Diário do Rio chegou a 4 milhões de leitores esse ano", comemora o empresário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário