terça-feira, 4 de dezembro de 2012

De pescador de almas para pescador de peixes

Corre nos bastidores do Ministério da Pesca, que o ministro, senador e bispo licenciado da Igreja Universal,  Marcelo Crivella,  tomou gosto pela atividade da pasta. Ele que assumiu recentemente  que não sabia nem preparar uma isca,  agora aproveita o momentos de folga para pescar.   Já tem gente dizendo que as iscas usadas pelo ministros são, na verdade, as  minhocas da cabeça que acabam  no anzol. Gente maldosa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário