terça-feira, 27 de novembro de 2012

Só na paquera

Inimigos na guerra fiscal por atração de investidores, o AM está em mais uma disputa com o Estado de SP. A briga é pela multinacional japonesa Daikin, uma das maiores fabricantes de ar-condicionado do mundo, que pretende investir até 2015 R$ 200 milhões para instalar sua primeira planta na América Latina. Segundo o jornal Valor Econômico, até o ano passado, a empresa estava disposta a se instalar em Mogi das Cruzes (SP) mas, agora, incluiu Manaus em seus planos. A mudança nos planos da Daikin não se dá por acaso. Este ano, Manaus se transformou na Meca para o setor, depois que o Governo Federal, para acabar com a importação do produto, editou medida que prevê que quem produzir ar-condicionado  fora do PIM pagará mais IPI.A multinacional japonesa vem flertando com o Amazonas desde 2007, quando o empresário Shigo Okada, diretor de operações globais da Daikin, esteve em Manaus, em evento da Moto Honda, e manifestou o interesse da empresa em se instalar no PIM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário