terça-feira, 30 de outubro de 2012

A hora é de tomar conta

Mais do que nunca permaneço atento, firme e forte, aos eleitos. Respeite-se as urnas, bobagem chorar o leite derramado. Permaneço no meu dever de cobrar, alertar, colaborar, criticar e, também aplaudir quando for preciso. Não importa se o candidato A ou B não foi eleito ou reeleito. O importante são os interesses da população. Quem mereceu o aval do eleitor sabe que precisa trabalhar com vontade, determinação e competência. Prefeitos e governadores precisam trabalhar juntos pela coletividade. Não importa se são de partidos diferentes. Os pleitos do povo não podem nem devem ficar a mercê de intrigalhadas e mágoas pessoais e partidárias. Chegou a hora do cidadão finalmente acreditar que os altos impostos que paga serão realmente utilizados em beneficio do local onde mora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário