sexta-feira, 1 de junho de 2012

Tempo a favor

Vida Vivida - Por Amanda Pieranti
Na estreia da minha coluna, neste espaço tão acolhedor que o Luiz Cláudio de Almeida me cedeu, quero falar de tempo. Isso mesmo: ele que tenta nos escravizar a todo instante, nos impondo obrigações e limites e nos tirando um pouco da vida corriqueira. Porque não temos prazer só quando fazemos aquela viagem dos sonhos. Temos prazer nas pequenas coisas da vida.

Há uns dias, mudei a minha rotina, ou seja, alterei meus compromissos pós-trabalho. Eu me presenteei com uma semana cultural. Fui assistir a uma exposição de fotografia, a uma leitura dramatizada, retornei à exposição para ver o que ficou faltando, na companhia de uma amiga e joguei conversa fiada na mesa de um bar (bem acompanhada de guloseimas, já que eu não bebo). Isso tudo sem ficar preocupada por não estar no "lugar que eu deveria estar". Foi ótimo, afinal, cuidar da mente também é importante e saudável! E sair da rotina é essencial.
Mas este é apenas um exemplo do que pode ser feito por nós, sem se deixar que o tempo nos controle a todo tempo. Não precisa ser exatamente a semana inteira. Pode ser uma tarde, manhã ou noite; um final de semana ou apenas o sábado ou domingo. Uma horinha que seja.
Quanto tempo faz que você não liga para o amigo distante ou aquele familiar que se mudou para longe? Você passa diariamente na porta daquele restaurante novo que abriu na sua rua, mas não consegue entrar porque não pode fugir do compromisso corriqueiro? Ou comprou o CD que tanto queria de seu cantor predileto, mas não teve tempo para escutá-lo? São situações que todos nós passamos e vamos adiando por conta da falta de tempo, não é mesmo?
Faça algo por si, já. E não dispense mais aquele convite para sair porque tem de ir à academia ou trânsito estará complicado. Você se esforça tanto para cumprir suas obrigações profissionais, então porque não remanejar os compromissos de sua agenda. Permita-se mudar em prol de você. Talvez o tempo se sinta menos poderoso na sua vida, porque ele vai ser usado a seu favor e não será mais seu inimigo.
Te espero na próxima semana, para novas reflexões. Se quiserem dividir comigo seus questionamentos, vou amar! E para amar, há sempre tempo.
Amanda Pieranti é jornalista e carioca. Apaixonada por escrever, adora viajar, dançar, ir ao teatro e fazer novos amigos. São ingredientes essenciais para tornar a vida prazeirosa além do trabalho, outra paixão. Na coluna Vida Vivida, fala sobre o bem mais precioso: a vida. E o que fazemos dela e como a vivemos rende belas reflexões, que quer dividir com os leitores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário