terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Aumento da gasolina é dado como certo

O aumento do preço da gasolina já é dado como certo nos bastidores do Planalto.  O percentual definido seria de 10% nas tarifas cobradas na bomba dos postos. E aconteceria no início de 2013, em janeiro ou fevereiro. Para a Petrobras, o reajuste seria na casa dos  15%, para aliviar a empresa  que hoje está vendendo no mercado doméstico gasolina a valores abaixo do preço internacional. Vale lembrar que o produto importado para completar a produção nacional é insuficiente com a expansão do consumo interno. A dúvida é: como  o governo fará para evitar que um terço do aumento de preços para a Petrobras seja repassado ao consumidor final. Seria com corte de impostos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário