Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 14, 2022

Musa da Imperatriz Leopoldinense, Carla Prata participa de ensaio no Rio de Janeiro

Esse final de semana foi agitadíssimo para a   apresentadora Carla Prata . Com o carnaval se aproximando, os ensaios técnicos já estão a todo vapor.  Na   sexta-feira,  11 , aconteceu o ensaio da   Vai-Vai,   em São Paulo, onde Carla é   Madrinha de Bateria   e no   domingo,  13 ,   a bela desembarcou no Rio de Janeiro para ocupar a posição de   Musa, da Imperatriz Leopoldinense . Desta vez, para sambar muito na Sapucaí e representar a  Imperatriz , que possui oito títulos na elite do carnaval, a apresentadora   escolheu um macacão sensual com as cores da escola - verde e prata, aberturas laterais e um ombro só, feito pelo estilista Rafael Carneiro.  O enredo de 2022 será "Meninos, eu vivi... Onde canta o sabiá, onde cantam Dalva & Lamartine", desenvolvido pela carnavalesca Rosa Magalhães. Fotos Nelson Malfacini

Caetano Veloso prestigia a segunda noite de "De Beethoven a Bethânia"

Na noite deste domingo, 13,  o maestro João Carlos Martins e Maria Bethânia voltaram a emocionar o público, que cantou junto, aplaudiu de pé e enalteceu os dois grandes nomes da música popular brasileira. O concerto intitulado “De Beethoven a Bethânia” foi o marco da inauguração da casa de espetáculos, no Via Parque Shopping, na Barra da Tijuca.    Como na noite anterior, o maestro abriu o espetáculo com a "Sinfonia de Beethoven" junto com os 36 músicos da orquestra e banda. Logo em seguida, chamou ao palco a rainha da MPB. Bethânia começou com a canção "Sonho Impossível" e declarou- “ Quanto tempo! Muito tempo longe de vocês”!. Em outro momento, um silêncio ensurdecedor marcou “Explode Coração”, música que Bethânia não pode deixar de cantar em todas as suas apresentações. "Olhos nos olhos", "Prudência", "Se todos fossem iguais a vc", foram algumas das canções que embalaram o concerto. Destaque para “Reconvexo”, que teve uma interpreta

Alceu Valença e Monobloco encerram o CarnaGávea

Alceu Valença e Monobloco encerraram o projeto "Carnagávea" que ficou 3 meses em cartaz no Jockey Clube,  na Gávea. O show de Alceu Valença   transformou o evento em um verdadeiro baile de Carnaval de Pernambuco na festa chamada 'Tropicana'. O cantor levou para o palco a diretora do balé de Pernambuco Josy Caxiado que com leveza mostrou as danças típicas do Carnaval Pernambucano. Foto Fred Pontes Monobloco

Cléo Ferreira prestigia a estreia de "Rock para Crianças"

Ana Ferguson, Cléo Ferreira  e Solange  Bighetti Cleo Ferreira , mulher de Martinho da Vila, prestigiou este fim de semana a estreia, no Teatro Clara Nunes, no Rio a estreia do musical infantil "Rock para Crianças". O espetáculo, com  roteiro e direção de Ana Ferguson e Solange Bighetti,  traz a história do rock and roll, contada através de diálogos, coreografias, imagens e muita música, com banda ao vivo. Foto  Cristina Granato

Vera Fischer recebe famosos na estreia "Quando Eu For Mãe Quero Amar Desse Jeito"

Cléo Pires,   Vera Fischer e Larissa Maciel Com texto de Eduardo Bakr e direção de Tadeu Aguiar, e protagonizada por Vera Fischer , a comédia "Quando Eu For Mãe Quero Amar Desse Jeito" estreou este final de semana no Teatro Clara Nunes, no Rio. “A peça coloca uma lente de aumento sobre sentimentos e sensações de cada um dos personagens. Destaco no texto o exagero sobre os pensamentos,  desejos e motivações”, conta o autor Eduardo Bakr . Vera Fische r é dona Dulce Carmona, uma septuagenária que recebe a  notícia de que seu único filho, Lauro ( Mouhamed Harfouch) , vai se casar com uma mulher que ela não conhece ( Larissa Maciel ). A partir daí, a comédia  mostra a luta de uma mãe obcecada para dar ao filho um futuro digno de sua “classe social”. A aristocrática Dona Dulce Carmona entra numa guerra com a noiva do filho para manter a imagem da família. Conhecido pela direção de grandes musicais, Tadeu Aguiar completa 42 anos de carreira encenando uma comédia ácida. “Além d