Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 3, 2022

Yara Charry lança clipe em homenagem a Gloria Groove

Yara Charry lança mais um clipe para o seu projeto musical, feito especialmente para as redes sociais da atriz e Youtuber. Desta vez, ela homenageia Gloria Groove com uma versão de radar. “Amo o trabalho da Gloria. Ela é fabulosa, impactante. Queria muito cantar uma música dela”, diz a atriz, que contou com a direção criativa de Giselle Dias e direção de Júlio Napolli. Yara pretende lançar um trabalho autoral esse ano: “Desde que participei do Popstar, eu fiquei com esse desejo de desenvolver esse outro lado meu. Amo cantar e o programa reacendeu essa chama. Estou trabalhando em composições e ideias para um EP autoral”.

Samantha Schmütz e Evelyn Castro receberam os convidados na estreia de "Tô Ryca 2"

Samantha, Marcelo e Evelyn Samantha Schmütz e Evelyn Castro , receberam os convidados nesta quarta-feira, 2, na estreia de "Tô Ryca 2",  do diretor Pedro Antônio . A camiseta usada por Samantha, com  os nomes Marielle, Moa, Moisés e Moise , todos assassinados, chamou a atenção dos convidados que estiveram no Kinoplex Rio Sul. Fotos  Rogério Resende Victor Limoglia e Thati Lopes  Mayra Lucas e Flavia Reis 

Documentário sobre a pandemia na Rocinha estreia nesta sexta

“Diário da Pandemia” estreia nesta sexta-feira, 4,  na programação do canal por assinatura, CINEBRSiLTV. Sete moradores da Rocinha são os personagens principais do documentário “Diário da Pandemia”, média-metragem de 32 minutos da diretora Maria Rita Nepomuceno .   A maior comunidade do país, situada na Zona Sul do Rio de Janeiro, é cenário nos primeiros meses da Pandemia pela COVID-19, quando Devaldo, Soca, Camila, Dione, Merynha, Marilucia e Alexandre retratam com celulares suas vivências durante os meses de maio, junho e julho de 2020. “Nossa proposta é mostrar que a favela se informa, faz isolamento e se organiza, apesar da marginalidade em que vive. Queremos que o espectador entre na vida dessa comunidade, na sua materialidade, olhando através dos olhos dos seus moradores, tentando sonhar com eles um outro mundo possível, em que o direito à dignidade humana seja respeitado”, reflete a diretora, que já havia trabalhado na Rocinha com o seu projeto "Mães da Terra", série

Vernissage da mostra "3 é 5"

Nara Roesler, Abílio Diniz, Dani Tranchesi e Geísa Diniz Foi inaugurado nesta quarta-feira, 2, o programa anual de exposições da galeria Nara Roesler. A abertura ficou por conta de   Dani Tranchesi   com a mostra "3 é 5".  Ao longo do ano de 2020, a artista visitou e registrou quatro feiras na cidade de São Paulo. Os registros deram origem ao projeto 3 é 5, que resultou em 95 imagens, das quais uma seleção de mais de trinta fotografias que estão  em exibição na galeria. Acompanhada de um percurso literário composto de textos do curador e escritor Diógenes Moura , a mostra fica até 5 de março. O fascínio pela diversidade de pessoas, coisas, cores e texturas é uma das características fundamentais da prática de Dani Tranchesi.  Em suas inúmeras viagens pelo mundo, a fotógrafa sempre buscou registrar as dinâmicas de feiras e mercados. Mais do que lugares destinados ao comércio, as feiras livres são verdadeiros eventos, ou “óperas”, como propõe o curador  Diógenes Moura .  Durante