quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Festival Mimo Para Crianças estreia no Rio em 2022


 Há 17 anos em cidades históricas de Brasil e Portugal, reunindo mais de 500 concertos emblemáticos, de Herbie Hancock a Egberto Gismonti, o Mimo Festival ganha uma versão infantil inédita no Rio em janeiro. Idealizado e dirigido por Lu Araújo, o MIMO para Crianças manterá o desenho do evento original: atrações de alta qualidade artística oferecidas gratuitamente. Na edição mirim, serão 50 atividades realizadas nas zonas Sul, Norte, Oeste e Centro do Rio de Janeiro, nos dias 15 e 16 de janeiro.

O MIMO para Crianças vai ocupar ainda espaços como o Centro Cultural Parque das Ruínas, em Santa Teresa, a Arena Carioca Abelardo Barbosa (Chacrinha), em Pedra de Guaratiba, a Areninha Carioca Gilberto Gil, em Realengo, o Centro Cultural Professora Dyla Sylvia de Sá, na Praça Seca, a Biblioteca Euclides da Cunha, na Ilha do Governador, o Buraco do Padre, no Engenho Novo e o Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca.

Atividades de música, teatro, circo, artes, sustentabilidade e literatura, desdobradas em shows, espetáculos, oficinas, jogos e brincadeiras, farão parte da programação que tem como principal objetivo estimular o território sensorial e a capacidade criadora das crianças. Questões que o festival aborda desde sempre não estarão de fora na versão infantil, como a cultura negra, a identidade de gênero, a aceitação dos nossos corpos e a sustentabilidade, que precisa ser cada vez mais incentivada.

Entre as atrações, o cantor Zeca Baleiro se apresenta com o show “Zoró Zureta”, na Areninha Carioca Fernando Torres, no Parque de Madureira e Simone Mazzer leva o espetáculo “Corpinho” para o Parque das Ruínas, em Santa Teresa. Ialodê Charmite vai exercitar o lúdico com contação de histórias, assim como Wilson Jequitibá e os Tapetes Contadores de História. Artes performáticas darão o tom no grandioso evento. Foto Silvia Zamboni