quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Eve Cosendey lança Cinza, single com feat da violinista Daiana Mazza

Depois do lançameno de “All I Want”, Single lançado em junho de 2021 (canção de abertura da Webserie Patrícia), Eve Cosendey lança “Cinza”, sua primeira canção em português. A canção faz parte da trilha sonora da 2ª temporada de Patrícia. Mesmo com a faixa inacabada, foi sucesso na websérie, o que motivou o lado compositora de Eve a finalizar a música e lançar em grande estilo. O lançamento da música junto ao clipe será dia 26 em todas as plataformas digitais. A canção traz o feat da violinista Daiana Mazza, que já tocou no Rock In Rio, orquestras e hoje é um sucesso trabalhando com DJs no Brasil.  

Exposição de Ziraldo abre comemoração dos 100 anos do Museu Histórico Nacional

Exposição que marca o início das comemorações do centenário do Museu Histórico Nacional em 2022, “Terra à Vista e Pé na Lua” tem como foco a aventura humana rumo ao desconhecido. Pelo olhar visionário de Ziraldo – artista atemporal cuja produção se faz presente no imaginário de brasileiros e brasileiras de todas as idades – o visitante navegará do ‘descobrimento’ do Brasil às conquistas espaciais, passando por obras do artista que se unem conceitualmente às coleções do museu via códigos QR espalhados pela cenografia. A mostra fica em cartaz de 20 de novembro até 20 de fevereiro de 2022.

A trajetória de Ziraldo (livros, personagens, ideias ou mesmo objetos de trabalho) reconecta o visitante, de forma instigante e criativa, à história de um Brasil construído diariamente por todos nós. A curadoria e direção de arte ficam a cargo de Adriana Lins e Guto Lins (Manifesto), que contaram com o apoio e a participação do Instituto Ziraldo, enquanto a cenografia é assinada por Susana Lacevitz e Philppe Midani (Cenografia.Net).

Segundo Vania Bonelli, diretora Interina do Museu Histórico Nacional, para dar início às comemorações do centenário do MHN em 2022, “a fantástica criatividade” de Ziraldo e seus super-heróis é uma “verdadeira odisseia”.

EMERJ inaugura Fórum Permanente no webinar “O Ensino Jurídico no Brasil”

O Núcleo de Pesquisa em Políticas Públicas e Acesso à Justiça (NUPEPAJ), o Fórum Permanente de História do Direito e o novo Fórum Permanente de Inovação do Poder Jurídico e Ensino Jurídico, todos da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ), vão realizar o encontro “O ensino jurídico no Brasil”.  O evento será híbrido, às 10h do dia 25, presencialmente no auditório Desembaragador Paulo Roberto Leite Ventura e transmitido por meio das plataformas Zoom e YouTube. Essa reunião marcará o lançamento da 4ª edição do livro O ensino Jurídico no Brasil, de Aurélio Wander Bastos, doutor em Ciências Políticas pela Universidade de São Paulo (USP), um dos palestrantes no webinar. Para ler o artigo na íntegra, acesse: https://digital.iabnacional.org.br/wp-content/uploads/2018/08/AURELIO-WANDER.pdf

ONG empodera mulheres a empreender

O Brasil tem 13,6 milhões de pessoas morando em favelas e seus moradores movimentam R$ 119,8 bilhões por ano. As favelas movimentam um volume de renda maior que 20 das 27 unidades da federação. Os dados são da pesquisa “Economia das Favelas - Renda e Consumo nas Favelas Brasileiras”, desenvolvida pelos institutos Data Favela e Locomotiva e encomendada pela Comunidade Door.

Hoje o Brasil tem cerca de 6 milhões de mulheres vivendo em favelas, majoritariamente concentradas nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Em sua maioria elas são negras, casadas e mães, somam um montante de renda anual de R$ 24 bilhões e chefiam 40% dos lares. Entre as que contam com trabalho remunerado, 44% têm emprego formal.

Baseado nesses dados, vemos um público feminino que já movimenta uma renda só lhes falta a ferramenta da independência para empreender. É o que Cintia Santana, por meio da sua ONG Entre o Céu e a Favela, oferece para diversas mulheres em seus cursos de empreendedorismo feminino: Uma oportunidade de crescimento, e por consequência, de empoderamento.

"Eu nunca me senti realizada trabalhando de CLT, sempre senti que merecia mais. Eu tenho uma loja de cabeceira modulada, hoje é só no on-line eu participei no primeiro semestre de 2021 e no início eu tive um pouco de receio, mas depois, eu acreditei que sou capaz. Acho que mulheres empoderadas empoderam outras mulheres." É o que conta Maria Clara, da @cabeceirassmaria, que foi aluna e hoje é mediadora de aulas.

Esta é exatamente a proposta do instituto: Apoiar mulheres para que cresçam e possam formar e fortalecer outras que, assim como ela, acreditem nos seus sonhos e corram atrás para realizá-los.

A idealizadora da ONG, Cintia Santana, destaca que é preciso saber transformar as dificuldades em oportunidades. “Para mim, pessoalmente falando, todo favelado é empreendedor, por que precisa ser criativo e saber se virar para sobreviver ao caos, uns menos outros mais, mas sempre empreendedor.”

Encontro de Cortes Superiores Brasil e Espanha

Reeleita para a vice- presidência da OAB-RJ (junto com Luciano Bandeira, presidente da entidade), Ana Tereza Basílio também participou, no último final de semana,  a convite dos organizadores do evento,  do III Encontro de Cortes Superiores Brasil e Espanha,  na Universidade de Madri. A advogada participou da mesa de debates sobre Proteção de Dados e Direitos Fundamentais,  ao lado de personalidades do mundo jurídico, como os ministros Dias Toffoli,  do STF,  e Luiz Salomão,  do STJ.

Casa França-Brasil reúne artistas da Finlândia e da Itália em diálogo sobre arte e sustentabilidade

A arte como agente de reflexão sobre sustentabilidade e questões ambientais. Este é o mote da Bela Bienal Europeia e Latino Americana de Arte Contemporânea, que chega à sua 5ª edição com o tema “A Natureza na Arte”. Evento itinerante que este ano já esteve na Finlândia e aportou no Brasil com agenda em importantes cidades, como Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo, chega à Casa França-Brasil em curta temporada. No dia da abertura, 19, contará com a presença do embaixador da Finlândia Jouko Leinonen.

Sob curadoria do finlandês Jari Järnström e do brasileiro Edson Cardoso - proprietário da AVA Galleria, na Finlândia – a mostra reúne 30 artistas finlandeses, além de italianos. Todos possuem em comum a proposta de promover um diálogo consistente através da exposição de suas obras, manifestadas através de pinturas e esculturas de bronze.