sábado, 13 de novembro de 2021

Oi Futuro apresenta o espetáculo “Bem no meio”, que une ópera e instalação para crianças

“Bem no meio” é uma ópera-instalação inédita, idealizada pela multiartista Karen Acioly, com música do compositor francês Camille Rocailleux. O novo projeto da inquieta escritora, atriz e diretora convida o público a vivenciar uma experiência inesquecível, trazendo uma proposta de renovação da linguagem da ópera, democratizando e apresentando o gênero como um conceito diferenciado, atraindo a atenção de novos públicos. As sessões acontecerão no teatro do Oi Futuro, em dois formatos diferentes: Iniciando com sessões presenciais no dia 21, às 11h30, e no dia 27, às 16h - nestas, o público poderá assistir a performance do elenco formado por Luisa Vianna (Bem), Carol Botelho (Gaia) e Guilherme Borges (Ponto), que vai interagir com as projeções filmadas pelos atores Sabrina Korgut (mãe), Ciro Acioli (pai) e das crianças do Coro Infantil da UFRJ (Infância), em participações especiais. E, a partir do dia 28, em todos os fins de semana até o dia 19 de dezembro, às 15h, 16h, 17h, acontecerão as sessões contemplativas, com a ópera expandida em sessões de cinemópera (cinema + ópera + instalação).

Artista plástica Duda Oliveira traz conscientização ambiental na exposição "Enredados"

A artista plástica e advogada ambiental Duda Oliveira traz o ativismo e a conscientização sobre o meio ambiente para as peças produzidas exclusivamente para a  exposição "Enredados", no Centro Cultural Correios RJ. Pinturas cujas lonas das telas foram mergulhadas nas águas da Baía de Guanabara para serem preparadas para receber a tinta. Esculturas com metal naval, vergalhões e sucatas. Obras de grande porte para chamar a atenção para a necessidade de preservação da vida e dar voz a quem faz descarte consciente. A mostra fica em cartaz até 12 de dezembro.