terça-feira, 24 de agosto de 2021

Gabriela Lopes lança livro: “Não é só caos-Há um recomeço”

A pastora Gabriela Lopes lança seu primeiro livro: “Não é só caos-Há um recomeço”. Devocional, a escrita fala sobre os temas da vida cotidiana, que motivam a recomeçar e a ter outra visão sobre as lutas e frustrações da vida, incentivando sempre. A autora faz um convite ao entendimento sobre a dor e como usá-la como ferramenta impulsionadora para garantir conquistas e manter o foco nos seus objetivos. A publicação é personalizada e composta por devocionais, tarefas diárias, espaço exclusivo para anotações pessoais e versículos para meditação.

IAG PUC-Rio realiza a webinar “R para Mercado Financeiro”

O IAG - Escola de Negócios da PUC-Rio realiza no dia 31, terça-feira, às 18h30, o webinar “R para Mercado Financeiro”. O evento terá como palestrantes Rafael Palazzi (Doutorando em Finanças pela PUC-Rio); Arnaldo Nascimento (Doutor em Engenharia Industrial pela PUC-Rio) e Gerson Junior (Doutorando em Finanças pela PUC-Rio). Para participar do evento basta se inscrever pelo link  https://bit.ly/webinarIAG34y . A transmissão acontece pelo canal do IAG (https://www.youtube.com/user/IAGPUCRIO) no YouTube.

Projetos de Incentivo à Leitura

Vice-presidente da OAB-RJ, Ana Tereza Basílio vai receber para live, nesta quarta, dia 25 , às 19h, a curadora literária do projeto Favelivros Veronica Marcillio. O tema do encontro virtual é Porte de Livros & Favelivros-Projetos de Incentivo à Leitura. A transmissão será pelo Instagram de Ana Tereza Basílio.

Coletivo Balzak40 apresenta edição especial no Lagoon

A Balzak40, coletivo cultural que reúne moda, arte e comportamento, apresenta sua 29ª edição especial no Lagoon, nos dias 28 e 29 (sábado e domingo), das 12h às 19h, com entrada gratuita. O evento, comandado pelas empresárias cariocas Claudia Medeiros e Elizabeth Nigro, apresenta marcas autorais com peças exclusivas e handmade, como a Caulí, que desenvolve semijoias com temática relacionada à natureza; a Verso21, marca de roupas com o propósito de despertar emoções positivas através das suas peças; e a Salts, marca carioca que se destaca pela alta qualidade dos seus calçados.

Homenagem a Getúlio Vargas

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, Juliana Brizola, neta de Leonel Brizola e deputada estadual (PDT -RGS), André Figueiredo, deputado federal (PDT do Ceará) e Manoel Dias, presidente da Fundação Leonel Brizola, vão participar da  live Homenagem a Getúlio Vargas , nesta terça, dia 24, às 19h."Vamos relembrar o suicídio de Getúlio Vargas, em 24 de agosto de 1954, a Carta Testamento deixada pelo ex-presidente, entre outros fatos históricos marcantes "- disse Carlos Lupi. A transmissão será pelo youtube e pelo Facebook. 

Psicanalista Renata Bento fala sobre a violência psicológica virtual

A psicanalista Renata Bento fala sobre a violência psicológica virtual,  o avanço da legislação e alerta para os efeitos psicológicos dessa prática, causando impacto no mundo mental das vítimas.

Como poderíamos classificar o  cyberbullying?

Renata Bento: É o uso de forma deliberada, através de comportamentos hostis com objetivo de provocar, difamar, insultar e humilhar;  são disseminados a uma velocidade imensurável por meio das tecnologias de informação e comunicação. É um tipo de violência praticada de modo virtual que afeta psicologicamente  causando impacto real no mundo mental de suas vítimas, acarretando sérios prejuízos ao crescimento,  autonomia e independência.

Qual a diferença entre cyberbullying e bullying?

Renata Bento R: Uma das características que diferencia cyberbullying e bullying é a dificuldade de identificação do agressor, deste modo, no contexto virtual, lugar inóspito que não se vê corpo nem rosto e onde a informação tem grande velocidade, torna-se mais demorado a aproximação e reconhecimento do agressor.

Como acontece o cyberbullying ?

Renata Bento: Pode ocorrer de diversas formas: através de mensagens de texto, imagens, perfis falsos, chats on line, jogos on line, entre outros. Com toda facilidade que existe com a tecnologia na atualidade, a  dificuldade é manter privado aquilo que pertence a esfera privada. Isto é, tudo pode ser gravado, fotografado, editado e transmitido. A internet tem uma capacidade de disseminar informação de forma muito rápida, e por isso, seu alcance passa ter uma dimensão impensável. O que fica na rede não pode ser apagado, pior, pode ser compartilhado, e o estrago pode ser grande.

Como você definiria a prática do  cyberbullying?

Renata Bento: Ccaracteriza-se como uma experiência traumática, um  tipo de violência psicológica silenciosa e com raízes profundas pois leva a vítima a se recolher, a se isolar socialmente, a ter dificuldades de concentração, introversão, e, pode contribuir para o aparecimento de quadro mais graves como a depressão e até mesmo levar ao suicídio.

De que forma podemos encontrar apoio na justiça?

Renata Bento: A dificuldade em ser descoberto e a falsa sensação de anonimato contribuem para o crescimento desse tipo de violência psicológica, que é considerada crime.  Apesar de ser um assunto ainda novo, a legislação tem avançado e foram criadas leis que protegem o usuário. Isto é, uma vez o detectado o cyberbullying, medidas judiciais podem ser tomadas a fim de proteger a vítima do ponto de vista jurídico. Há que se ter a proteção e acompanhamento psicológico porque a vítima fica emocionalmente enfraquecida, com autoestima prejudicada e muitas vezes envergonhada.

Jornalista de Brasília reúne amigos para jantar de aniversário

Editora do BSB Flash de Brasília, a jornalista Isabel Almeida reuniu amigos para jantar de aniversário, no restaurante Universal, ponto gastronômico, na Asa Sul, em Brasília. Na foto, a aniversariante e os amigos Thiago Meireles, Carlinhos Beauty, Kátia Cristiane

Carlos Bracher pinta obra, ao vivo, em comemoração ao aniversário de 310 anos de Ouro Preto

Morador de Ouro Preto há 50 anos, o artista mineiro Carlos Bracher foi um dos convidados a participar das comemorações dos 310 anos da cidade mineira. Em 8 de julho, em pleno Teatro Municipal de Ouro Preto, antiga Casa da Ópera, o artista fez uma pintura ao vivo na presença de uma plateia reduzida. Toda a performance foi registrada pela assessoria de comunicação da prefeitura da cidade, coordenada por Filipe Lage, e será exibida em primeira mão pelo Instagram e Youtube do Ateliê Casa Bracher, no dia 28, às 20h.


Foram apenas 90 minutos para que o pintor Carlos Bracher desse vida à obra “O Heroísmo de Tiradentes” – um retrato de Ouro Preto com alguns símbolos emblemáticos da cidade. Ao som do quinteto da Orquestra de Pilar – que selecionou músicas clássicas, populares e eruditas – Bracher retratou em pinceladas predominantemente vermelhas (em referência à bandeira mineira) o antigo prédio da Câmara Municipal, localizado na Praça Tiradentes, junto à estátua do próprio inconfidente no centro, com o Pico do Itacolomi ao fundo.