terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Joyce Moreno estreia hoje minissérie "Aquelas coisas todas"

A cantora, compositora e escritora Joyce Moreno estreia hoje a minissérie "Aquelas coisas todas", baseada no seu livro recém-lançado. A transmissão acontece no canal do Youtube Sesc 24 de maio, às 20h e será exibida nas próximas quatro terças-feiras.

A série em vídeo começa hoje com o episódio “A estagiária”. Dia 26 é a vez do relato sobre  “Festival e suas vozes”, dia 2 de fevereiro é o episódio “Revendo amigos/influências do Jazz e fecha no dia 9 de fevereiro com “Feminina, menina”.



"Viver é melhor que sonhar – Os últimos caminhos de Belchior" narra trajetória dos últimos dez anos de Belchior

Os jornalistas  Chris Fuscaldo e Marcelo Bortoloti caíram na estrada e percorreram os caminhos de Antônio Carlos Belchior é autor de um dos gestos mais intrigantes da história recente da Música Popular Brasileira. Artista respeitado, dono de um repertório do qual qualquer músico poderia se orgulhar, carreira de sucesso, padrão de vida confortável, cercado de amigos, cercado de mulheres. Com 60 anos recém-completos, deixou tudo isso para trás, rumo a uma jornada incerta e anônima pelo sul do país, que terminaria com sua morte dez anos depois. No livro "Viver é melhor que sonhar – Os últimos caminhos de Belchior", que entrou em pré-venda na segunda-feira, 18, através do site Benfeitoria (http://Benfei.to/belchior), o leitor vai acompanhar o  processo de descoberta. Um trajeto cheio de percalços, pequenas decepções, grandes alegrias, com muitas versões de uma mesma história narradas pelas diversas testemunhas que acompanharam a tragédia daquele grande artista. Nos dez últimos anos antes da sua morte, Belchior viveu de maneira insólita e extraordinária, conhecendo pessoas diversas, lugares interessantes e relações inusitadas, com fãs perplexos que abrigaram um astro da música em suas casas sem saber muito bem por que ele estava ali.

Curta dirigido por magistrado carioca é premiado na Alemanha

O projeto audiovisual “Sobre Ela”, que inspirou o livro homônimo, do desembargador Wagner Cinelli, recentemente publicado pela Editora GRYPHUS, acaba de ser premiado pelo New Wave Short Film Festival, da Alemanha, na categoria “Empoderamento Feminino”. O curta de animação, ainda inédito no Brasil, foi selecionado por diversos festivais em países como Israel, Japão, Portugal e Canadá, e reflete sobre o silêncio das mulheres vítimas de violência, que muitas vezes não podem ou não conseguem pedir socorro. É o segundo prêmio internacional do curta, que tem direção e roteiro assinados pelo magistrado do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

Funarte e UFRJ lançam a série online "Casa do Choro"

A Funarte, em parceria com a UFRJ, lança hoje a "Casa do Choro". São 54 vídeos gratuitos que serão postados de forma seriada ao longo do primeiro semestre de 2021. As atividades abordam a história e a prática do choro desde o seu surgimento, no século XIX, até os dias atuais. Programação inclui apresentações com o grupo Água de Moringa e o Trio Júlio, além de vídeo-oficinas com grandes nomes do gênero, como Cristovão Bastos, Maurício Carrilho, Bia Paes Leme, Luciana Rabello, entre outros. Os vídeos estão divididos em quatro módulos e podem ser acessados através do site www.bossacriativa.art.br e, também, pelo canal Arte de Toda Gente, no Youtube.

Marcelo Dibo debate sobre vacinação contra a Covid-19 no Rio

O início da vacinação contra a Covid-19 no Rio é um marco de esperança, mas todos os cuidados para prevenir a doença, que já fez mais de 482 mil vítimas no estado, devem continuar. Os números de casos de reinfecção estão chegando em maior quantidade nos hospitais, muitos já no limite de suas ocupações. Para discutir esses temas, o clínico geral e diretor Executivo do Hospital Badim, Marcelo Dibo, vai bater um papo com a jornalista Mariana Procópio, nessa terça-feira, a partir das 19h, no Instagram @hsopitalbadim. Quem quiser tirar dúvidas é uma boa oportunidade, as perguntas poderão ser enviadas no decorrer do evento.