Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 2, 2019

“Cícero – A anarquia de um corpo santo” faz temporada no Teatro Municipal Maria Clara Machado

“Cícero – A anarquia de um corpo santo”, espetáculo com direção de  Daniel Dias da Silva ,  estreia no dia 05 de julho, no Teatro Municipal Maria Clara Machado, na Gávea, onde cumpre temporada até o dia 28 do mesmo mês.

Biscoito Fino lança projeto de Arthur Maia

Gravado em 2015 no Teatro do Centro de Artes UFF (Niterói), o DVD que a Biscoito Fino lança agora nos formatos álbum digital e DVD físico, é o único registro ao vivo de um show do baixista, compositor e produtor  Arthur Maia . Trata-se de um apanhado de canções que Arthur reuniu especialmente para esse encontro com parceiros e amigos, assinando ainda os arranjos e  a concepção musical. O repertório vai de Lennon e McCartney a Ernesto Nazareth, passando por Djavan, Ivan Lins e parcerias do baixista com Fernando Caneca (“Frevo do Compadre”) e Júlio Martins (“Muchacha”). “Arthur e o Gigante”, composta para Arthur por Willian Magalhaes, da Banda Black in Rio, também está no repertório.

"Pedro e o Lobo" estreia no Teatro dos Quatro

Após grande sucesso com os infantis “O Gato de Botas – O Musical”, “O Boi da Cara Preta”, “O Duende Rumpelstiltskin”, “As Aventuras de Pinóquio”, “João e Maria – Um Musical”, “O Lago dos Cisnes” e a Mostra de Teatro Infantil Para Toda Família, (juntos já totalizam mais de 170 mil espectadores), a Cineteatro Produções, com curadoria do ator e produtor Alexandre Lino , reestreia o seu mais novo espetáculo infantil  "Pedro e o Lobo". Espetáculo inédito escrito por Daniel Porto e com direção de Tom Pires mantém a estética rústica das anteriores e cumpre nova temporada no Teatro dos Quatro, de 06 a 28 de julho, aos sábados e domingos às 15h.

Deborah Levy mostra o CD autoral “Apimentada” na Tijuca

Pianista, tecladista, arranjadora e compositora, Deborah Levy mostra o recém-lançado CD “Apimentada”, dia 4 de julho, no  Centro da Música Carioca, Arthur da Távola, Tijuca, às 20h. Acompanhada por Geferson Horta (baixo) e Luisinho Sobral (bateria), a pianista volta ao bairro para o bis após o sucesso do Rio Montreux Festival, com um show que mescla alguns clássicos  de autores consagrados, como  Chovendo na Roseira  (T om Jobim ) ,  Aquarela do Brasil  ( Ary Barroso ) e Samambaia ( Cesar Camargo Mariano )  com composições autorais do disco de inéditas.