Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 21, 2016

Marco Luque chega ao Rio com Tamo Junto!

Sucesso de público e crítica, eleito pelo público como melhor comédia Stand Up no Guia da Folha,  jornal Folha de São Paulo, o espetáculo Tamo Junto!,  do humorista Marco Luque chega ao Rio de Janeiro  para duas apresentações no Teatro Bradesco Rio, nos dias 26 e 27.  Na peça, o ator relata de uma forma divertidíssima situações do dia a dia, diferenças entre o homem e mulher, entre muitos outros assuntos do nosso cotidiano. Durante três anos, Marco Luque apresentou personagens no espetáculo teatral “Terça Insana” que conquistou o público, com o taxista “Silas Simplesmente”, a empregada doméstica Mary Help e o motoboy “Jackson Five”. Na mesma época, foi convidado a integrar a bancada do programa CQC (Custe O que Custar) da Rede Bandeirantes de Televisão. Assim então, criou a sua apresentação solo com o stand up “Tamo junto!”, que está em turnê por todo o Brasil desde 2009 e já levou aos teatros mais de 300.000 pessoas dentre as quase 200 cidades que percorreu.

Lourenço de Bem: comemoração em dose dupla

Para marcar seus 60 anos de vida e 30 de Atelier, o  artista plástico Lourenço de Bem  abre no próximo sábado, 26, a exposição CoproFeição.   A  exposição foi escolhida pelo artista para alcunhar não só o conceito das obras, mas também essa fase de sua vida que considera ser a de maior equilíbrio físico e emocional de sua existência.Trata-se de uma coleção de pinturas e desenhos de uma poética inquestionável, talvez pela capacidade de descrever corpos humanos com tamanha naturalidade e leveza transparecidos nas formas anatômicas, na postura, nos modos e gestos de cada indivíduo – algo emblemático que tão-somente o corpo desnudo e sereno é capaz de proferir. O resultado de suas pinceladas largas, porém, parcas, leves e transparentes não só revelam as cores precedentes, mas também são aptas para saciar a informação no que se refere a tonificação anatômica de cada corpo, a subjetividade da feição e, porque não dizer, um pouco do que o corpo traduz sobre a personalidade de cada indiví