terça-feira, 3 de março de 2020

OMS diz que há mais de 90 mil casos do novo coronavírus no mundo

Nesta terça-feira, a organização mundial de saúde publicou um novo boletim sobre o covid-19. Segunda a instituição, mais de 90 mil pessoas foram infectadas e cerca de 3000 morreram. No Brasil, não foi registrado nenhum novo caso além dos dois já conhecidos.
        



ONG Ação da Cidadania entrega alimentos para índios abandonados pela Funai


Criada em 1993 pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, a ONG Ação da Cidadania entregou, em Dourados, no Mato Grosso do Sul, 10 toneladas de alimentos não perecíveis para mais de 2.100 famílias indígenas Guarani e Kaiowá, localizadas em áreas de retomada ou em acampamentos às margens de rodovias locais. Famílias destas etnias estão, desde o início do ano, sem receber a ajuda de cestas básicas que eram fornecidas regularmente pela CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento) com apoio da Funai.

Bruna Marquezine na pré-estreia de "Vou nadar até você"

Bruna Marquezine  esteve ao lado de todo do elenco do filme "Vou nadar até você" na pré-estreia do filme na noite desta segunda-feira, 2, no Shopping Iguatemi, em São Paulo.  No longa do diretor Klaus Mitteldorf,  Bruna vive Ophelia,  uma jovem de 20 anos que vive com a mãe (Ondina Clais) e cresceu sem pai.

Guto Goffi lança álbum e faz shows no Rio

O baterista, cantor e compositor carioca Guto Goffi, um dos fundadores do Barão Vermelho, vai fazer uma série de apresentações, sempre as quintas-feiras, às 20:30, em Ipanema, na Casa de Cultura Laura Alvim, no Espaço Rogério Cardoso, acompanhado do grupo O Bando do Bem. A trupe tocará músicas do novo disco solo de Goffi, "C.A.O.S (Confusões Artísticas e Obras Sonoras)", além de músicas dos dois primeiros álbuns do baterista "Alimentar" (2011) e "Bem", (2016), e mais sucessos compostos por ele para o Barão.

CCBB Rio inaugura a exposição “Ivan Serpa: a expressão do concreto”


O Centro Cultural Banco do Brasil inaugura para o público no próximo dia 04, a exposição “Ivan Serpa: a expressão do concreto”, uma ampla retrospectiva de um dos mais importantes mestres da história da arte brasileira. A mostra apresenta mais de 200 trabalhos, de diversas fases do artista que morreu precocemente (Rio de Janeiro, 1923/1973), mas deixou obras que abrangem uma grande diversidade de tendências, utilizando várias técnicas, tornando-se uma referência para novos caminhos na arte visual nacional.

Museu de Arte do Rio hasteia nova bandeira e tem entrada gratuita em algumas exposições

Para marcar o início das comemorações do seu sétimo aniversário, o Museu de Arte do Rio vai hastear uma nova bandeira no mastro do pavilhão de exposições, neste sábado, dia 7. A obra “Vai passar?”, de Marco Chaves, dará lugar ao trabalho do artista gaúcho Xadalu, que traz os dizeres “Atenção: área indígena”. A ação acontece às 16h e faz parte da programação que celebra os 7 anos do MAR. Neste dia o museu estará com a entrada gratuita em todas as exposições: O Rio dos Navegantes, Rua!, Pardo é Papel e UóHol.