quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Afonso Padilha desembarca no Rio com o show "Espalhando a Palavra"

Afonso Padilha apresenta dia 11, no Teatro Bradesco Rio o espetáculo  "Espalhando a Palavra". O comediante participa dos principais shows em casas de espetáculos da cena nacional, além de fazer parte do elenco do Grupo 4 Amigos, o maior em atividade do gênero da atualidade. Tem dois especiais gravados, “Isso tem que dar certo” e “Não tá compensando ser adulto”, ambos disponíveis na internet e em canais como Netflix, Spotify e Youtube.

Divulgadas primeiras imagens dos bastidores do filme

Foi  divulgado o primeiro vídeo com cenas de bastidores das filmagens da cinebiografia “Kardec”. A data escolhida é simbólica: há 214 anos, em 3 de outubro, nascia Allan Kardec. Nestas primeiras imagens, o público poderá conhecer um pouco da jornada dos atores e da equipe que foram a Paris filmar a vida de um dos personagens mais conhecidos da atualidade.

Leonardo Medeiros é o protagonista Hypolite Leon Denizard Rivail, o educador francês nascido em 1804 que decodificou o espiritismo a partir de 1857. A ganhadora da Palma de Ouro no Festival de Cannes Sandra Corveloni vive Amélie-Gabrielle Boudet, sua mulher e companheira.

O vídeo revela as locações ambientadas com o visual da primeira metade do século XIX, figurinos fiéis às roupas da época, iluminação à luz de velas. E acompanha os bastidores de cenas-chave, como o momento em que o professor Rivail ouve pela primeira vez o nome que irá adotar para si: Allan Kardec.

“Kardec” é baseado no livro best-seller de Marcel Souto Maior  e tem estreia prevista para 16 de maio de 2019

A produção traz no elenco nomes como Guilherme Piva (Didier), Genézio de Barros (Padre Boutin), Guida Vianna (Madame De Plainemaison), Julia Konrad (Ruth-Celine), Charles Fricks (Charles Baudin), Licurgo Espinola (Sr. Babinet), Letícia Braga (Julie), Julia Svacina (Caroline), Dalton Vigh (Sr. Dufaux) e Louise D’Tuani (Ermance Dufaux). O roteiro de L.G. Bayão (“Irmã Dulce”, “Heleno” e “Minha Fama de Mau”) e Wagner de Assis acompanha a trajetória de Kardec desde o período em que atuava como educador, passando pela investigação dos fenômenos, pelo processo de codificação da doutrina espírita, até a publicação e repercussão de “O Livro dos Espíritos”.