sexta-feira, 23 de junho de 2017

Coral do Amazonas apresenta, hoje, obra erudita com toques nordestinos

Composta em 1996 por Danilo Guanais, a Missa de Alcaçuz é considerada uma das missas com o maior recheio brasileiro possível. A peça, escrita originalmente para coral, orquestra de cordas, percussão e violão, teve sua estrutura revisada no início deste ano, ganhando uma instrumentação para piano e percussão, que foi apresentada no Carnegie Hall, em Nova York, no último mês de maio.
É essa versão da Missa de Alcaçuz que o Coral do Amazonas apresenta hoje, domingo (25) e terça-feira (27), em horários alternativos, no Teatro Amazonas, com entrada franca. O espetáculo, com direção musical e regência do maestro Zacarias Fernandes e Hilo Carriel ao piano, traz os solos da soprano Tamar Freitas e do barítono Moisés Rodrigues, além da participação do Balé Folclórico do Amazonas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário