sexta-feira, 10 de março de 2017

Considerada a banda de rock mais antiga do mundo, Renato e Seus Blue Caps faz show no Rio

Em 2017, Renato & Seus Blue Caps, um dos conjuntos mais importantes da Jovem Guarda, apresenta um show especial em comemoração aos seus 58 anos de carreira. Atendendo a inúmeros pedidos de fãs, o conjunto volta a se apresentar em teatros, trazendo um espetáculo mais intimista, mas não por isso menos animado, com muito rock n roll!
Desde o início da carreira, até os dias de hoje, Renato Barros e sua banda nunca pararam de tocar. Por este motivo, o grupo é considerada por muitos pesquisadores como o conjunto de rock mais antigo do mundo em atividade.
Tudo não passava de uma brincadeira. No ano de 1959, os irmãos Barros e seus amigos se reuniam para participar das festas no bairro da Piedade, onde moravam, no Rio de Janeiro. Começaram fazendo mímica (dublagem) dos grupos e cantores americanos de sucesso na época. E foi assim que a banda se apresentou pela primeira vez no programa “Hoje É Dia De Rock”, da rádio Mayrink Veiga, com o nome de “Bacaninhas Do Rock Da Piedade”. A apresentação foi um fracasso, e ganharam muitas vaias.
Já no ano de 1960, Renato resolveu fazer nova inscrição para o programa, dessa vez concorreria no quadro “Rock Ao Vivo”, ou seja, tocando e cantando de verdade. Jair de Taumaturgo, diretor do programa, não aceitou a inscrição com o nome “Bacaninhas Do Rock Da Piedade” e sugeriu “Renato & Seus Blue Caps”. Com esse nome o grupo se apresentou e ganhou o 1º lugar. Como prêmio veio o convite para participar do programa do Chacrinha na TV Tupi. Em 1964 assinaram contrato com a CBS e o LP “Viva A Juventude” foi lançado, sendo até hoje um dos mais vendidos do Brasil, desde então, a banda deslanchou e nunca mais parou.
O grupo já teve várias formações. Na atual, dois integrantes estão desde o início, são eles: Renato Barros, guitarrista, vocalista e compositor de vários Hits da MPB com inúmeras regravações até os dias de hoje e Cid Chaves, que entrou em 1964, quando o grupo foi contratado pela CBS, tocando saxofone. Nunca mais saiu da banda, sendo hoje, um dos vocalistas. Completam a formação o gaúcho Darci Velasco (teclados), há 24 anos no grupo, o carioca Amadeu Signorelli (baixo) há 22 anos no grupo e o também carioca Gelsinho Morais (bateria), filho de Gelson Morais, baterista original do grupo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário