quinta-feira, 23 de junho de 2016

Resíduos de um ritmo

Depois de quatro anos e meio longe do Brasil, com exposições individuais e participações em coletivas em várias cidades europeias, a artista plástica Goia Mujalli volta ao Rio de Janeiro para finalmente mostrar seu trabalho na cidade natal. Resíduos de um ritmo, com curadoria de Mario Gioia, foi inaugurada nesta terça-feira,  21 no espaço Marcus Soska Escritório de Arte, Shopping Siqueira Campos. São sete telas  em acrílico ou combinando acrílico com serigrafia. Títulos sugestivos como “Ensaio de Balé”, “Cabelos”, “Água-Viva”, “Piano”, para uma obra marcada pela ambiguidade e pela tensão entre o mecânico e o orgânico do processo criativo. Fotos Marco Rodrigues

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário