quinta-feira, 30 de junho de 2016

A caçadora de bruxos

Recentemente, a autora americana Virginia Boecker resolveu tirar um período sabático e mudou-se para Londres, onde morou por quatro anos.  Foi quando ela desenvolveu uma verdadeira obsessão pela Inglaterra medieval: pesquisou muito, visitou locais históricos, procurou experiências interativas que a mostrassem como era a vida na época. Quando voltou aos EUA, a fixação acabou servindo de estímulo para que ela escrevesse seu primeiro livro. Em “A caçadora de bruxos”, Boecker se inspira em elementos reais para criar uma trama que mistura fantasia, magia, intrigas políticas, corrupção e disputa pelo poder.  O enredo se passa num reino onde a magia é reprimida – e feiticeiros rebeldes são capturados e mortos pelo governo. Elizabeth Grey é uma das melhores caçadoras de bruxos do rei. Até o dia em que, inexplicavelmente, faz algo de que apenas bruxos são capazes. Sem perdão, ela é presa e trancada num calabouço, e a salvação vem de onde Elizabeth menos espera: Nicholas Perevil, um de seus arqui-inimigos e o mago mais procurado do reino, a resgata em troca de um favor.
Agora, a protagonista precisará ficar ao lado das pessoas que sempre perseguiu. E isso vai mudar sua percepção sobre o reino, principalmente quando ela mergulhar nas intrigas e conspirações que envolvem seus antigos aliados. Autora Virginia Boecker - Editora Galera - Páginas 308 - Preço R$ 39,90

Nenhum comentário:

Postar um comentário