segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Óleo & Gás

O Conselho Constitucional francês fecha a porta para os industriais interessados em petróleo e gás de xisto, ao confirmar proibição da fratura hidráulica que vigora naquele  país desde 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário