quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Risco eminente

O crescimento  da mineração na Usiminas mostra  o quanto a economia é primaria,  um fenômeno em curso no Brasil e na América Latina que preocupa o presidente do grupo, Julián Eguren. Argentino que já trabalhou na Colômbia, no México e na Venezuela antes de chegar a BH, Julián vê a dependência crescente da exportação de matérias-primas como uma ameaça aos empregos nos países latinos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário