terça-feira, 27 de novembro de 2012

Mercado interno argentino se beneficia de restrição a alguns itens brasileiros

As barreiras comerciais impostas pelo governo Cristina Kirchner inverteram as posições do Brasil e da Argentina no comércio exterior.  No mês passado, os argentinos registraram superávit comercial com o Brasil pela primeira vez desde junho de 2009, quando os vizinhos também impuseram barreiras às importações para proteger a indústria local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário