sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Mulher tem 200 orgasmos em 36 horas

Uma mulher de 44 anos relatou que chegou a  ter  200 orgasmos em 36  horas. Uma doença rara, de causa ainda desconhecida.  A síndrome que assola Kim Ramsey, uma enfermeira Inglesa de 44 anos, que vive  em Nova Jersey, nos  Estados Unidos,  tem um nome estranho: síndrome de excitação genital persistente . No caso da moça, parece que os sintomas irritantes apareceram sete anos após um acidente de carro que a deixou com um legado na coluna. Um caso semelhante foi relatado no Novo México, mas a maioria das mulheres com esta síndrome, com o passar do tempo, não experimentaram trauma particular.
A doença foi descrita pela primeira vez em 2001 pelos sexólogos americanos Sandra Leiblum e Sharon Nathan. As mulheres  são vítimas de excitação brutal em   suas partes íntimas, sem ter tido antes pensamentos eróticos. Este congestionamento é preocupante também não é aliviado pela atividade sexual e persiste por horas ou mesmo dias. Os pacientes descrevem a sensação como extremamente dolorosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário