sexta-feira, 13 de abril de 2012

Lampião proibido

O juiz Aldo Albuquerque, da 7ª vara Cível de Aracaju, manteve decisão de não permitir o lançamento do livro Lampião Mata Sete, que defende a tese de que Virgulino Ferreira da Silva, o famoso cangaceiro, era gay. A ação é movida pela  filha de Lampião e Maria BonitaExpedita Ferreira Nunes. Uma liminar de novembro do ano passado havia suspendido o lançamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário