quinta-feira, 11 de março de 2021

Bruno Gouveia se junta com 3 artistas e lançam versão de música

Bruno Gouveia, Patrick Laplan, Gabriel Ventura e Guila se juntam e lancam versão de musica do Depeche Mode para celebrar os 30 anos de Violator. A regravação do Depeche, para todos, é uma pausa para o recreio. Um momento em que todos puderam por alguns instantes se desligar da pandemia para fazerem o que mais gostam: se divertir tocando. A canção chega às plataformas digitais com um clipe caseiro, com o distanciamento imperando. Assista aqui o clipe de “Halo”: https://youtu.be/GrQSLyxnjPU.

Livro mostra perspectivas diferentes do isolamento social

Após dias de intenso isolamento, nove escritoras se juntaram para relatar de modo criativo, inovador e não menos crítico, seus sentimentos, dores e perdas vividos na pandemia por meio de contos harmônicos que deram origem ao livro “Retratos da quarentena”, da editora Símbolo Artesanal. Com coordenação editorial de Silvia Schmidt, também coautora (Mesa redonda sob o signo do bestiário), a obra conta com textos das escritoras Ana Mendes (Palavreados, coronas e outros corações confinados); Alexandra Vieira de Almeida (Quarentena onírica); Claudia Manzolillo (Memórias de uma vida em quarentena); Eliane di Santi (Esquecimento); Maya Falks (Espaços fechados); Rosália Milsztajn (Dias de pandemia);  Sandra Godinho (Relato de um sobrevivente); e Teresa Drummond (Se vira nos sessenta: a arte da reinvenção).

Miguel Pereira recebe o Festival Café com Chocolate e Flores

Conhecida por ter o terceiro melhor clima do mundo, Miguel Pereira, uma das cidades do Vale do Café, no sul do estado do Rio de Janeiro, recebe nos dias 26 e 27, das 11h às 20h, o "Festival Café com Chocolate e Flores". Os participantes do  evento, que acontece no Restaurante Relíquia,  irão conferir as maravilhas produzidas na região. Miguel Pereira é o segundo maior produtor de flores do país, além dos chocolates. A cidade começou a demonstrar uma vocação para produzir chocolates artesanais bean to bar, uma das únicas na região sudeste com um trabalho primoroso de Rita, da Terra Dos Chocolates, que já está  senda vendida em São Paulo.

Escola Chinesa Internacional abre no Brasil

Localizada no bairro de Botafogo, a Escola Chinesa Internacional (ECI) abriu no Rio de Janeiro em 2021, iniciando o ano letivo em fevereiro. É a única que segue o modelo chinês tradicional fora da China. “Brasil e China são nações irmãs, uma tem muito a aprender com a outra. A China hoje é o maior parceiro comercial do Brasil, e agora também temos parceria na educação, pois o Brasil foi escolhido para receber a primeira Escola Chinesa Internacional”, diz Yuan Aiping, diretora geral da ECI. A escola integra os currículos educacionais da China e do Brasil. O ambiente da sala de aula é inteligente: todos os equipamentos são de alta tecnologia e fornecidos pela empresa chinesa Huawei.

Curso gratuito: Inscrições abertas para a “Semana Internacional Vença a Menopausa”

Já estão abertas as inscrições para a Semana Internacional Vença a Menopausa, com a especialista em saúde da mulher pelo Advancing Woman Health de Harvard e CEO do Programa Domine a Menopausa, Júlia Kress. As aulas serão totalmente gratuitas e online nos dias 22, 24 e 26, às 20h no Youtube. O curso tem como objetivo ensinar as mulheres a vencerem a menopausa e fazer dessa, a melhor fase de suas vidas. O conteúdo que será ministrado também ensinará o público feminino a lidar com o calorão, autoestima, corpo e o sexo na menopausa. Para inscrições e mais informações acesse o site: https://domineamenopausa.com/semana-internacional-venca-a-menopausa/

Líder do PDT na Câmara e prefeito de Niterói participam do Café com Lupi

Líder do PDT na Câmara Federal, o deputado federal Wolney Queiroz, de Pernambuco, e o prefeito de Niterói, Axel Grael, são os convidados do Café com Lupi deste sábado, às 10hs. O tema do encontro virtual é política e gestão. 

Bailarina Giselda Fernandes faz estreia online do Espetáculo “Objetos em Redes”, no Centro Coreográfico do Rio

O espetáculo “Objetos em Redes”, da bailarina Giselda Fernandes, que há 20 anos trabalha com a conscientização para as questões ambientais, estreia dia 18, com transmissão direto do Centro Coreográfico do Rio, na Tijuca, via Sympla.

O projeto foi desenhado no início da pandemia, em parceria com oito estudantes de artes de diversos regiões do Rio, que fizeram várias reuniões virtuais e começaram a perceber a quantidade de lixo (recicláveis ou não) produzidos dentro de suas próprias casas e em suas saídas da quarentena. “Todos os participantes disseram que a relação pessoal com seus próprios resíduos, principalmente plásticos, mudou depois da experiência. Eu mesma fiquei chocada com a quantidade que produzimos dentro de casa. E nas minhas caminhadas na praia do Flamengo foi pura perplexidade. Nas primeiras idas comecei a recolher tampinhas plásticas e colocar nos bolsos. E cada vez apareciam mais e mais tampinhas e garrafas pets no meu trajeto, uma loucura”, diz Gisela. O “lixo” recolhido por eles vai compor o cenário-instalação da peça, composto pelo artista plástico Hilton Berredo.

Gisela fundou a Dois Companhia de Dança, em 1992, que trabalha a partir do conceito “objeto-partner”, em que usa objetos cotidianos como parceiros de criação. Desde 2002, ela trabalha com a colaboração do artista plástico Hilton Berredo, que também é seu companheiro de vida (marido)

Advogados participam de live da Amazoeste

A Associação das Mulheres Advogadas da Zona Oeste do Rio de Janeiro (Amazoeste), OAB-RJ e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB Nacional) estarão juntos em  live na próxima segunda, dia 15 , às 19h, com a participação de Ana Tereza Basílio, vice-presidente da OAB-RJ, Rita Cortez, presidente do IAB, Barbara Ewers, Luciano Bandeira (presidente da OAB-RJ ), Margarida Pressburger e Ivone Ferreira Caetano. A transmissão será pelo Facebook e pelo Instagram. 

 

Amigo lacerdista faz homenagem a Hélio Fernandes

Presidente da Sociedade de Amigos de Carlos Lacerda, o ex-deputado udenista e empresário Mauro Magalhães vai homenagear, virtualmente,  o jornalista Hélio Fernandes, na próxima quarta, pelas mídias sociais.   Dono de a Tribuna da Imprensa, desde 1962, Hélio Fernandes morreu nessa quarta, dia 10,  aos 100 anos. 

"Hélio conheceu Carlos Lacerda em 1946 e foi trabalhar como repórter na Tribuna da Imprensa (lançada por Carlos Lacerda). Fiquei amigo de Hélio Fernandes na minha campanha para deputado estadual , em 1962. Lacerda já era governador (Lacerda foi eleito governador do antigo Estado da Guanabara e em 1960). Subi e desci aquelas escadas da Tribuna da Imprensa, na rua do Lavradio , centenas de vezes. Sempre estive ao lado do Hélio em todas as vezes que ele foi perseguido pela ditadura militar."
 Mauro Magalhães lembrou que na véspera do lançamento do Manifesto da Frente Ampla, em outubro de 1966, por Carlos Lacerda, ele, Hélio e o ex-governador do antigo Estado da Guanabara estavam juntos. 
"Lacerda me ligou e disse para eu ir até o apartamento onde ele morava, na Praia do Flamengo.  Afirmou que ali só estaria ele, Hélio Fernandes e eu. Quando eu cheguei lá, Lacerda leu o manifesto. Hélio Fernandes ajudou a redigir uma parte. O texto foi aprovado. Para comemorar, Lacerda abriu uma garrafa de vinho do Porto, de safra especial. Foi para a cozinha e cozinhou ovos mexidos, que serviu para que pudéssemos comer, com arroz. Hélio Fernandes foi um amigo fiel a Carlos Lacerda.  Tentou ser candidato a deputado federal pelo MDB. Mas, teve os direitos políticos suspensos "- lembrou Mauro Magalhães.