segunda-feira, 5 de junho de 2017

Sandra Duailibe faz, no Rio, show de lançamento do DVD “Celebrizar”

Era o ano de 2006, e a cantora maranhense Sandra Duailibe entrava em estúdio para gravar. A ocasião era diferente das vezes em que participou dos discos de Antenor Bogéia (“Peregrino”) e Salgado Maranhão (“Amorágio”). Era a hora de gravar  seu CD de estreia. De lá para cá, outros discos vieram  -- dois deles tributos a nomes como Roberto Menescal (o projeto “Elas cantam Menescal”, 2012) e Nonato Buzar  (“Sandra Duailibe canta Nonato Buzar”,  2015)  -- e a artista construiu uma carreira na qual consolidou seu nome como uma intérprete de qualidade na cena musical. Essa trajetória completou dez anos  em 2016 e, um ano antes, a cantora se deparou com o dilema: como festejar? Chegava o momento de  gravar seu primeiro DVD. O violonista Paulo André Tavares foi escalado para a direção musical e, em meados de 2016, a cantora pisava o palco do Sesc Paulo Gracindo, em Brasília,  acompanhada simplesmente por dez músicos (cinco na banda base e os demais nas participações especiais).  E o nome não poderia ser mais apropriado: “Celebrizar”, palavra que significa festejar e tornar algo notório. E o DVD será lançado no Rio dia 8, com show no Teatro Café Pequeno. A noite terá ainda as participações de Fhernanda Fernandes e de Christovam de Chevalier. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário