terça-feira, 13 de dezembro de 2016

João do Rio

O Teatro Dulcina recebe nesta quinta-feira, 15, um debate com acadêmicos e pesquisadores acerca da obra de João do Rio e os pontos de contato com a cena expandida contemporânea. O evento, aberto ao público e gratuito, contará com a participação de Adriana Schneider (Professora Doutora da UFRJ em Direção Teatral e Artes da Cena), Carmem Gadelha (Professora Doutora da UFRJ), Celina Sodré (Diretora e Professora Doutora da UFF), João Carlos Rodrigues (biógrafo de João do Rio), Iuri Lapa e Lia Jordão (historiadores e pesquisadores da Biblioteca Nacional).
Logo após o debate, às 20h30, haverá a apresentação do espetáculo “Avenida Central”, que segue em cartaz até o dia 22. A peça inspira-se no universo e nas precursoras formas narrativas de João do Rio, com linguagem fragmentada que procura incorporar as diversas facetas, pseudônimos e personagens da obra do escritor carioca. Tido como o primeiro flaneur brasileiro, testemunha ocular dos processos de modernização do início de século passado, após o fim do Império, João do Rio percorreu a cidade desbravando novos recortes, olhares e percursos, numa linguagem única e híbrida que mistura relato e ficção, vida e obra, jornalismo e literatura.
Nos dias 17 e 21 de dezembro, “Avenida Central” será apresentada em Libras – Linguagem Brasileira dos Sinais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário