terça-feira, 19 de julho de 2016

Os amigos especiais

Os amigos especiais


Eu e vô Tonho
O Dia do Amigo ou o Dia Internacional da Amizade é comemorado em 20 de julho, no Brasil, mas independente da data, já diz a canção de Milton Nascimento, amigo é coisa para se guardar do lado esquerdo do peito. Você pode não ter uma coleção de amigos. Afinal, quantidade não é qualidade. Mas tem, sim, aquele especial. Tão peculiar que você queria ter por perto todos os dias. Tem gente que o tem, mas tem os que moram distante fisicamente, mas não emocionalmente.
Quem é o seu verdadeiro amigo? Eu tive um grande amigo. Fui presenteada pela vida. E o curti “muitão”. Foi meu avô Tonho (Antônio Francisco de Oliveira). Sim, os amigos podem ter, também, laços consanguíneos. Aí fica melhor ainda, certamente.
Ele partiu há mais de uma década, mas faz morada no meu coração, nos meus pensamentos. Não deixo de pensar nele nunquinha. Fecho os olhos e o vejo nitidamente. Seus jeitos e trejeitos. Seus conselhos estão vivos em mim. Penso: ‘O que ele diria nesse momento?’ ou ‘Ele, sim, me acolheria nessa hora’ e ainda ‘Que bom dividir isso com você’.
Com quem você tem tanta cumplicidade? Tamanha, capaz de só em um olhar ou em um sorriso captar a sua demanda. Radiografar o seu momento. Explanar seus sentimentos. Quem? Meu vô tinha tudo isso. Ou tem? Claramente que sim, pois amigos deixam legados. E são eles que também nos moldam e nos aperfeiçoam.
Quisera eu voltar no tempo e materializar as ocasiões felizes vividas...Quisera eu me teletransportar para onde quer que ele esteja e, por um segundo sequer, dar aquele abraço apertaaaaado, passando a mão na sua cabeça com afago e ternura. Quisera eu perpetuar essa viagem mágica. Quisera eu, quisera você, quiséramos nós...Portanto, enquanto há tempo, viva cada amizade, construindo cada vínculo que ela lhe permitir.
Pobre dos que não têm recordações, amigos, amizades. Sei que são raras no mundo de hoje, tão material e impessoal. Tão eu e pouco nós. Que a amizade ecoe por vidas e vidas em todos os corações. Faça contato agora com aquele amigo do peito. Da vida. E da alma!

2 comentários: