sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Sem descanso

Mesmo inocentado pela comissão de ética do Planalto, o ministro Fernando Pimentel ainda continua sob investigação. Agora é por conta de  contratos de emergência feitos quando ele era prefeito de Belo Horizonte, com a construtora HAP, do empresário Roberto Senna. Também controlador da Minas Arena, concessionária do Mineirão, Senna acabou de eliminar uma parceira portuguesa do projeto do estádio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário