sábado, 15 de setembro de 2012

Collor pede aos EUA moderação diante do assassinato do embaixador norte-americano na Libia

Na qualidade de presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, o senador Fernando Collor(PTB-AL) pediu moderação aos Estados Unidos diante do assassinato do embaixador norte-americano na Libia, Christopher Stevens. Para Collor, somente uma atitude moderada dos Estados Unidos poderá evitar consequências mais graves e o prosseguimento da violência. Na opinião do ex-Presidente da República e senador Collor o atentado não deve ser analisado apenas como reação de grupos radicais islâmicos contra a exibição de um video considerado ofensivo ao Profeta Maomé e ao Islã. De acordo com Collor, há uma crescente revolta do mundo islâmico contra atitudes de paises ocidentais, que, na visão daqueles povos, estariam indo além do combate ao terrorismo. Collor lembrou que a derrubada de Muamar Kadafi deixou um vácuo de poder na Libia, deixando o país dividido em territórios controlados por grupos de milicianos, sem possibilidade de manutenção da ordem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário