quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Degelo atinge nível alarmante

O anúncio era esperado há  várias semanas. Imagens de um satélite da Nasa  afirma: o gelo do Oceano Ártico em torno do Pólo Norte, atingiu um novo recorde de degelo. A área total do gelo no mar é mais de 4,10 milhões de km². Isso representa quase 70 000 km² a menos do que o recorde anterior que  era de 18 de setembro de 2007. Pesquisadores calcularam os dados da América Central em neve e gelo (NSIDC), com base na Universidade de Boulder, no Colorado.

- Tudo isso são apenas números, mas é acima de tudo, um sinal de que o gelo do Oceano Ártico está mudando fundamentalmente -  reconheceu Walt Meier, pesquisador do NSIDC em uma conferência de imprensa realizada em conjunto com a NASA. Tudo o que acontece nas altas latitudes é monitorado de perto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário