quarta-feira, 18 de julho de 2012

Esporte, diversão e prazer

Com mais de 10 mil atletas nos Jogos de Verão e  cerca de 3000 nos  Jogos do Inverno, a Vila Olímpica é  um clube exclusivo onde "o que acontece na aldeia é a aldeia", como explica Summer Sanders, o nadador americano que participou nos Jogos Olímpicos de Barcelona,  em 1992. Este universo fechado, com a imagem de  ser  focado na preparação física e mental intensa, foi quebrado com os testemunhos publicados  pela revista americana  ESPN. Segundo a revista os bastidores das Vilas Olímpicas são locais de encontro real e íntimo. Existem apartamentos, casas noturnas  e bares.  Depois da  preparação intensa antes da Olimpíadas,  os atletas querem brincar.  Josh Lakatos, atirador norte-americano, descreveu um mundo de embriaguez e orgias. Em setembro de 2000, o atleta teve que devolver as chaves da entrada na Vila Olímpica em Sydney , mas conseguiu ficar mais uma semana, com a conivência de uma empregada doméstica. Ele erevela ainda que naquele ano foram usados, na Vila Olimpica,  100 mil preservativos em duas semanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário