segunda-feira, 28 de maio de 2012

Preso assessor de Bento XVI acusado de divulgar informações confidenciais

Paolo Gabriele, preso desde quarta-feira, foi formalmente acusado no sábado por "posse ilegal de documentos secretos".  Uma investigação está em andamento para estabelecer se o homem tinha cúmplices, ele era um dos mais próximos colaboradores do Papa bento XVI. Em poucas horas um dos poucos  homens que tinha  acesso aos aposentos do Papa - servia-lhe as refeições, ajudava-o a vestir-se  e poderia ir às salas do Vaticano, que tem acesso  estritamente limitado -  tornou-se inimigo público do Vaticano. Depois que foram encontrados na casa de Paolo documentos confidenciais, ele é acusado de passar dados sigilosos à mídia italiana entre  janeiro e fevereiro deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário