segunda-feira, 14 de maio de 2012

Entrevista da semana

Antes de deixar o país para turnê pela Europa, Jorge Vercillo bateu um papo exclusivo com o Blog. Confira!






1 - Você embarca em junho para turnê pela Europa. É sua primeira vez que vai estar nesses países?

R: Sim, faremos um circuito de casas especializadas em Jazz.


2 - O que você espera dos shows e do público europeu?

R: pelo perfil das casas que tem um publico que vai para ouvir um som mais hermético, me sinto a vontade pra tocar meu repertório mais alternativo, mais lado (B), no entanto não faltarão os sucessos que forem pedidos.


5 - O show é o mesmo que rodou o Brasil, ou tem algo diferente?

R: Será um show diferente, apresentarei um repertório mais Brasileiro, étnico, e Jazzístico. Como a afro "Quando eu Crescer" gravada em Angola, a Flamenca "Ventania" e a bossa jazzística em Parceria com Marcos Valle "Numa Corrente de Veräo".

6 - Mudando um pouco de assunto, você tem várias canções temas de novelas. Você acaha que isso ajuda na popularização do trabalho e da imagem do artista?

R : No meu caso sempre revelou canções mais densas de MPB como Fênix, Ela Une Todas as Coisas, Deve Ser e Memoria do Prazer na Fina Estampa. Essas músicas certamente Não se tornariam tão conhecidas se Não fosse pelas novelas. Todos os artistas da MPB são gratos à qualidade musical das trilhas de novelas até hoje.

9 - Você acha que pode nascer alguma canção durante a excursão?

R : Quem sabe? Vou cantar em lugares inspiradores como Veneza Paris, Genebra, Nice, Porto... Acho que será inevitável, rs...


10 - Em relação ao mercado musical, como avalia o atual cenário da MPB?
R: Está muito mais democrático, muita gente nova aparecendo, mas muita coisa igual padronizada na linguagem pop, acho que de certa forma, eu contribuí para o bem e para o mal nisso. Tem também uma enxurrada de cantoras, algumas boas mesmo, outras em evolução. Torço para que a densidade musical e harmônica esteja mais presente nas rádios, até para dar uma vida mais longa a esse repertório novo.


12 - E a internet no que diz respeito a relação fã-artista, como você avalia?
R: É uma ferramenta maravilhosa para aproximar as pessoas, temos o feed back imediato de um novo trabalho ! Incrível mesmo ! Mas precisamos urgente de uma nova e compatível regulamentação de preservação aos direitos autorais.


13 - Você usa as redes sociais?
R : Tenho um Face book acompanhado pela minha produção, mas estou sempre o visitando e as vezes chego a postar algo que acredito ser relevante.


14 - Como é o Jorge Vercilo longe dos palcos? O que você gosta de fazer no tempo livre?
R: Gosto de jogar bola, Yoga, ir a praia e passear com minha família e amigos.


15 - Pra fechar, algumas de suas canções tem um olhar sobre o social. O que você espera do Brasil?

R : Está cada vez mais claro que somos seres universais e a partir disso, espero näo só do Brasil mas do mundo, uma significativa mudança na maneira como nos vemos e nos tratamos nessa transição planetária de 2012. Veremos que realmente Todos nós Somos Um, todos os povos e raças numa caminhada contra a hipocrisia e a manipulação sempre disfarçada dos mais fortes.
Pra começar acho que todos nós concordamos em dar um FIM DEFINITIVO nas GUERRAS em toda a fabricação de armamento que só serve para enriquecer seus acionistas que estäo por traz de muitos conflitos pelo mundo a fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário